Encontre nas Montanhas Mágicas um fascinante “livro de memórias” do Planeta Terra

O território das Montanhas Mágicas apresenta testemunhos geológicos com mais de 560 milhões de anos, remontando à Era da história da Terra chamada Neoproterozóico.Desde esse período e ao longo de milhões de anos, a dinâmica do planeta ficou retratada, com grande pormenor e detalhe, nas rochas deste território, que se constituem como um autêntico “livro de pedra”, que certamente guarda ainda muitas “Memórias da Terra” fora do conhecimento dos geólogos.

A geodiversidade das Montanhas Mágicas é dominada por rochas do Supergrupo Dúrico-Beirão, uma espessa sequência de xistos e grauvaques de idade Neoproterozóica, e por granitoides variscos. A predominância destas rochas e os processos que envolveram a sua formação, justificam o notável conjunto de 78 geossítios distribuídos pelos sete municípios, com especial enfoque na área do Arouca Geopark. Estes geossítios apresentam-se sob a forma de trilobites gigantes, rochas e penedos singulares, icnofósseis de relevância internacional, imponentes fragas e cascatas, nascentes termais, vales de fratura, falhas tectónicas, alvéolos, domos rochosos, entre outros. Alguns destes geossítios serão dados a conhecer neste guia.